Dono da aeronave era sócio de Esteves, que ganhou liberdade graças a Teori

De acordo com O Globo, “o empresário Carlos Alberto Ferreira Filgueiras, amigo do ministro Teori Zavascki, era sócio do BTG Pactual na empresa Forte Mar Empreendimentos e Participações, dona do prédio ocupado pelo Hotel Emiliano na Praia de Copacabana, no Rio. Filgueiras tem 10% da empresa; os 90% restantes pertencem ao Development Fund Warehouse, um fundo de investimentos do BTG.

Filgueiras era membro do Conselho de Administração da Forte Mar ao lado de Carlos Daniel Rizzo da Fonseca, um dos sócios do BTG. A assessoria do BTG confirmou a sociedade, mas disse que o banco não se pronunciaria.”

André Esteves foi preso pela Lava Jato em 2015, em razão do episódio da tentativa de ‘comprar’ o silêncio de Nestor Cerveró.

Pouco menos de um mês depois, Teori libertou o banqueiro. Em abril do ano passado, Teori revogou a prisão domiciliar e permitiu que o banqueiro voltasse a trabalhar.

A grande mídia, defensora dos corrupto, vai querer fazer a opinião pública comemorar a morte do ministro que relatava a Lava Jato.

COMPARTILHAR